REBRANDING: COMO RECRIAR A IDENTIDADE DA SUA MARCA

31/08/2018

  

Até alguns anos atrás era comum as marcas mais tradicionais utilizarem modelos de gestão que mudavam pouquíssimo ao longo do tempo. Nos dias de hoje, onde a informação chega com cada vez mais rapidez, é praticamente impossível administrar um negócio da mesma forma pra sempre. Com o passar do tempo, as marcas amadurecem e muitas vezes alguns conceitos e ideias se tornam ultrapassados.

 

O seu negócio de moda pode ter um mês ou dez anos, se as coisas andam meio paradas, é hora de se reinventar, por isso, investir no Rebranding da sua marca pode ser a melhor solução.

 

O Rebranding é uma estratégia de reposicionamento de marca no mercado, que leva em consideração um planejamento de curto ou longo prazo, dependendo do objetivo do negócio. Existem algumas situações que sinalizam a necessidade do Rebranding:

 

- O posicionamento da sua empresa mudou e você quer transmitir isso para o seu público,

- O seu concorrente tem se destacado mais do que você,

- A marca não possui uma linguagem clara e tem problemas para ser reconhecida,

- Você agora vende novos produtos,

- Sua imagem está desatualizada,

- Você está perdendo clientes.

 

Para inovar e se diferenciar dos concorrentes é preciso evoluir e crescer junto com o seu público, por isso a mudança do seu posicionamento deve ser consciente, ter embasamento e planejamento para que você consiga redefinir e atualizar a sua nova filosofia.

 

Pergunte aos seus consumidores, parceiros, funcionários e fornecedores sobre a sua empresa. Peça avaliação sobre seus produtos e serviços. Tente entender o que os atrai e o que os distancia para saber se os valores do seu negócio (e aqui não falo de dinheiro) condizem com o que eles buscam. Saiba como o rebranding beneficia a sua marca.

 

Brand Equity

 

O Brand Equity é o objetivo final de toda estratégia de Rebranding e se trata de um valor subjetivo percebido pelo seu público, que influencia a forma como o consumidor pensa, sente e age em relação à marca. Por exemplo: uma camiseta branca pode custar R$30,00 mas a mesma camiseta com o símbolo da Nike bordado automaticamente tem um valor agregado, que pode fazer a peça custar até R$200,00.

 

A percepção do valor da sua marca está ligada ao quão presente ela é na vida do seu público, por isso, se você deseja clientes leais, interaja com eles. Marcas de moda influentes ditam tendências e promovem mudanças no mercado.

 

Para criar um planejamento estratégico de mudança de posicionamento que acompanhe o mercado é preciso redefinir alguns aspectos como conceito, foco, linguagem, nome, logo, identidade visual, entre outros. É preciso ainda levar em consideração as duas vertentes do Rebranding:

 

Rebranding Parcial ou Evolutivo

Tratam-se de pequenas e constantes mudanças que fortalecem aos poucos um novo posicionamento da marca no mercado, com pequenos ajustes que atualizam o público sobre um novo foco do negócio.

 

Rebranding Total, Revolucionário ou Radical

Quando pequenos ajustes não são o sulficiente, pode ser a hora de fazer mudanças extremas, como mudar o nome ou criar uma nova identidade visual. Essa transformação deve ocorrer em todas as áreas da empresa e principalmente, na sua comunicação.

 

Porém, de nada adianta planejar e não comunicar o seu novo posicionamento. Para isso, use o máximo de canais de contato com o seu público, começando pela identidade da sua loja, passando pelo atendimento e indo até o feed do Instagram.

 

Tente, pesquise, descubra. Assim, será fácil engajar o seu público na hora certa e com a mensagem certa.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ÚLTIMOS POSTS

Como escrever legendas que ENGAJAM!

May 28, 2020

Como passar CREDIBILIDADE nas redes sociais

May 17, 2020

1/15
Please reload

Cadastre-se agora e receba gratuitamente atualizações, artigos e dicas exclusivas para assinantes!

INSTAGRAM

ENTRE EM CONTATO:

julianaalso.c@gmail.com

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

Powered by: Juliana Also | 2020