SE A SUA EQUIPE NÃO ESTÁ VENDENDO, ESTE PODE SER O MOTIVO




Você abriu o seu negócio de moda e depois de muito esforço e planejamento conseguiu crescer e contratar uma boa equipe para te ajudar a espalhar a missão da sua marca, mas está percebendo que as vendas têm diminuído e acredita que um dos motivos é a falta de motivação do seu pessoal?


Muito provavelmente você está cometendo um erro clássico entre os empreendedores, mas que apesar de comum, continua sendo um erro...


As empresas de moda têm percebido a importância de criar canais de comunicação com o público, interagir com ele e anotar feedbacks importantes, mas poucas são as que têm o mesmo cuidado com o seu público interno, ou seja, a sua equipe de funcionários. E eu não estou falando apenas dos seus vendedores.


Você se preocupa com a maneira como toda a sua equipe se sente enquanto está trabalhando para fazer o seu sonho virar realidade? Se não, comece a se preocupar a partir de agora, afinal são eles quem colocam o seu negócio para funcionar além de serem eles os responsáveis por passar a verdadeira imagem da sua empresa para o mundo.


Os problemas gerados pela falta de motivação dos seus colaboradores podem desencadear uma cascata de complicações que começa com a baixa produtividade, passando pela falta de comprometimento e pelas ausências e atrasos até comprometer as relações no ambiente de trabalho, gerando um clima de convivência ruim ou até mesmo insuportável.


Nessas horas, o Endobranding entra em ação e te ajuda a virar o jogo.


Endobranding é uma maneira de reforçar os valores da sua marca e disseminá-los internamente, humanizando-a e inspirando os seus colaboradores. Diferente do Endomarketing, que visa uma ação para resolver problemas momentâneos, o endobranding é um processo realizado à longo prazo e durante toda a vida da marca, pois se trata da construção de um relacionamento entre você e a sua equipe que requer tempo e envolvimento de ambas as partes.


Por isso, você deve conhecer bem a sua marca, o seu propósito e o seu público antes de começar um processo de Endobranding. Você pode começar investindo em um mix de ações, como:


- Cursos e treinamentos: não deixe de qualificar a sua equipe. Invista em cursos e principalmente, treine o seu pessoal com regularidade, assim, você se assegura que eles não esquecerão o propósito da sua empresa e garante que eles irão passar isso para o seu público da maneira mais clara possível.


- Benefícios agregados: além do salário, se possível, ofereça outros benefícios, como ticket alimentação e plano de saúde, por exemplo. Se importe com a sua equipe e mostre isso oferecendo boas possibilidades de acesso à saúde e alimentação.


- Plano de carreira estabelecido: é importante que o seu funcionário saiba que pode subir de posição para se manter motivado a crescer dentro da empresa. Mas dedique um tempo observando a sua equipe e entenda os pontos fortes de cada um deles, antes de começar a promover todo mundo.


- Envolver a equipe na tomadas de decisões: não faz sentido contratar pessoas que você não confia, não é mesmo? Por isso, delegue tarefas e confie na sua equipe para tomar decisões na hora de resolvê-las. Não se apegue à como o seu funcionário resolve um problema, mas se ele é bom nisso. Muitas vezes nós insistimos para que as pessoas façam o trabalho delas como nós faríamos, mas é importante estar aberto à novas maneiras de enxergar soluções.


- Recompense trabalhos acima da média: todo mundo adora ser reconhecido. Recompense seus funcionários com bônus, dias de folga e prêmios quando eles trouxerem resultados acima do que esperado.


- Mantenha uma comunicação clara: a diferença entre o líder e o chefe é que o primeiro sabe se comunicar. Não grite, humilhe ou faça pouco da sua equipe. Converse com as pessoas abertamente e passe a sua mensagem de maneira direta para se certificar que todos estão alinhados com o propósito da sua marca.


Além desse mix de ações, você também pode investir em campanhas específicas que melhorem a eficiência e qualidade de vida dos seus colaboradores, como confraternizações, passeios e encontros fora do trabalho, que criam um clima de descontração e ajudam a unir a sua equipe.


Na indústria da moda, durante muitos anos era comum haverem relações abusivas no trabalho. As humilhações sofridas por assistentes pelas editoras chefes a lá O Diabo Veste Prada eram perdoadas e até confundidas com excentricidade, mas nos dias atuais, tais comportamentos são fortemente criticados e barrados pelo público.


Um exemplo disso é a conscientização em relação ao trabalho escravo e infantil que tem mudado a forma como grandes marcas - as de luxo, inclusive - enxergam e tratam os seus funcionários.


Por isso, seja acessível e esteja atento! Está nas suas mãos gerenciar um negócio com seriedade e depende de você saber envolver e reconhecer o trabalho da sua equipe.

ÚLTIMOS POSTS

Cadastre-se agora e receba gratuitamente atualizações, artigos e dicas exclusivas para assinantes!

INSTAGRAM

ENTRE EM CONTATO:

julianaalso.c@gmail.com

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

Powered by: Juliana Also | 2020