CRIANDO A SUA MARCA PESSOAL



Se antes vivíamos uma era onde a padronização da beleza ditava as regras, hoje a moda serve como ferramenta para quebra de paradigmas, expressão de identidade e representatividade.


Por isso, talvez hoje se fale tanto em criar uma marca pessoal, afinal independente de termos uma empresa ou não, todos nós somos marcas e deixamos no mundo um legado. Até mesmo quem não liga para isso, passa uma imagem, querendo ou não.


Caso você esteja considerando trabalhar melhor a sua imagem pessoal e com isso, se (re)posicionar na sua carreira de moda, é preciso pensar estrategicamente de acordo com as novidades do mercado, mantendo-se fiel à uma ideia e adequando-a aos novos tempos.


Para entender de onde surge a sua marca pessoal se pergunte: quem você é e quem você quer ser?


Digamos que você seja uma pessoa séria e quer quebrar essa imagem para uma mais carismática. Você pode procurar por roupas e acessórios mais delicados, por exemplo e claro, não pode se esquecer de AGIR de maneira mais empática, afinal a sua marca pessoal deve ser um reflexo seu e te ajudar a alcançar boas oportunidades.


Outra coisa que você deve parar de fazer agora mesmo é a sua propaganda e começar a praticar a interação real. Fale menos de si e comece a criar boas experiências para quem está perto de você. Assim se alguém precisar de serviços como os seus, você será a primeira opção.


Lembre-se: marcas carismáticas criam conexão emocional e fidelidade além da razão.


As redes sociais são verdadeiras vitrines e você deve levar em consideração três coisas ao fazer uso delas: o conteúdo, que deve expressar os seus princípios e valores, a constância, ou seja a regularidade com a qual você posta e o formato, que hoje pode variar entre fotos, vídeos, textos...


Identidade Visual

A primeira coisa que devemos providenciar na hora de construir uma nova imagem pessoal é na nossa identidade visual, ou seja, as nossas roupas e acessórios, o nosso cabelo e a forma como nos arrumamos, a nossa postura, enfim... Tudo o que possa dizer ao mundo quem somos, sem que seja necessário abrir a boca.


Identidade Verbal

Depois que uma pessoa criou uma primeira impressão de você baseada na sua imagem pessoal, o próximo passo é conversar, por isso tão importante quanto sermos bem percebidos é saber construir a sua identidade verbal, ou seja, a maneira como você quer falar. Se fala muitas gírias ou palavrões e quer parar, se fala muito baixo e quer passar mais credibilidade no seu tom de voz...


Relacionamento

E não adianta se empenhar em construir uma marca se ela não for real e se você não souber usá-la para se relacionar com os seus colegas de profissão, os seus clientes e seus seguidores.


A sua marca pessoal é um forte instrumento de persuasão e por isso deve ser verdadeira e honesta. Jamais crie um personagem nem manipule as pessoas. Tudo o que você aprendeu aqui deve te ajudar a ressaltar as suas próprias características e consequentemente, construir uma rede de contatos que sentem carinho por você.

ÚLTIMOS POSTS

Cadastre-se agora e receba gratuitamente atualizações, artigos e dicas exclusivas para assinantes!

INSTAGRAM

ENTRE EM CONTATO:

julianaalso.c@gmail.com

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

Powered by: Juliana Also | 2020