Ideias de negócios para quem quer empreender em moda

Mudar de profissão foi desafiador, mas se tem algo que me deu segurança, foi saber exatamente com o que eu gostaria de trabalhar nessa nova área, a da moda. No vídeo de hoje, eu vou trazer algumas ideias de negócios para quem quer empreender em moda, assim como eu fiz um dia.


Antes de eu pedir demissão e empreender, eu já estava há pouco mais de um ano passando por um processo de entender o que no mundo da moda eu poderia fazer.


Eu comecei aprendendo e fotografando moda, depois decidi criar conteúdos, foi quando eu criei o blog e profissionalizei o Instagram e por fim, me especializei em Fashion Branding, que é a gestão de marcas de moda, unindo minha formação e vivência na área de publicidade com uma carreira em um novo segmento.


O fato é que muitas pessoas assim como eu, querem mudar de carreira e trabalhar com moda, ou até mesmo tem especializações em moda, entende do setor, mas não conseguiu entender com o que quer trabalhar.

Pensando nisso, hoje eu trago ideias de negócios para quem quer empreender em moda mas não sabe em que, especificamente.



BRECHÓS

- o primeiro modelo de negócios já foi super renegado e hoje em dia virou febre: os brechós.

- pra começar, você precisa de boas peças, câmera (do celular mesmo), internet e criatividade para tirar boas fotos e fazer bons conteúdos

- você pode trabalhar em casa no início, quando ainda não dá pra investir em um ponto comercial

- além disso, parte do seu acervo pode vir de doações, o que diminui o seu custo logo de cara

- o importante aqui é pensar nisso como uma empresa desde o início

- manter a organização no seu ambiente de trabalho e quando você alugar ou comprar o seu ponto, nada daqueles brechós amontoados, desorganizados, e no pior dos casos, sujos!

- os brechós hoje em dia estão disputando com as lojas, porque na verdade eles são lojas, só que de roupas de segunda mão

- então, atenção! profissionalismo sempre!


GUARDA ROUPA COMPARTILHADO

- Essa ideia eu amo e já super rola em cidades como São Paulo: o guarda roupa compartilhado

- Funciona assim: você monta um acervo de peças que podem ser suas, das suas amigas e de clientes, daí você pode montar planos mensais onde as pessoas vão pagar pra levar um número x de peças pra casa, durante um período

- é o mesmo processo de quando a gente pega livro na biblioteca, não tem mistério

- exemplo: roupateca


PLUS SIZE

- Assim como os brechós estão entrando na popularidade, marcas que prezam pela inclusão também

- A gente sabe que a grande maioria das marcas de moda ainda não se preocupam em disponibilizar tamanhos maiores do que o 44, 46...

- E o público plus size está cada dia mais antenado, gosta de se vestir e sentir bem, gosta de ser cool e vestir tendências

- A era do empoderamento, principalmente feminino, trouxe uma série de quebra de padrões e na atualidade, não há espaço para a exclusão, apenas para a democratização e a busca pelo aumento de pessoas com conhecimento de moda.


ECOLÓGICO E SUSTENTÁVEL

- Se você faz parte da galera que não usa mais canudo de plástico, adora uma ecobag e nunca joga seu lixo por onde anda, provavelmente você tem talento para um negócio de moda sustentável

- e existem várias maneiras de entrar nesse mundo

- não fazer uso de mão de obra escrava, nem fazer testes em animais ou pior, usar animais para criar peças de couro ou pele

- optar por peças com tecidos de fibras naturais, como o linho e o algodão

- se preocupar com o descarte de tecidos, linhas e todo o material de produção das peças

- e por aí vai


FRANQUIAS

- Agora se você quer empreender, mas não faz ideia e nem quer ter todo o trabalho de criar uma marca, que tal investir em uma franquia?

- sim, pegar uma marca que você ama e que realmente acredita e se tornar uma franqueada,

- mas atenção: nesse modelo de negócios, normalmente você vai ter pouco poder em relação a gestão e normas do negócio

- ainda assim, existem pessoas que são boas em empreender e ponto, não importa no que seja

- quem sabe esse seja o seu caso e uma franquia pode te atender muito bem


TECNOLOGIA

- Gente, eu amo tecnologia e acredito que ela realmente pode ser uma enorme aliada

- E no mundo da moda, existem diversas pesquisas sendo feitas

- existem tecidos criados para atletas que são cheios de dispositivos anti suor, anti calor, que melhoram a postura…

- Porque não ter também um negócio que tem como finalidade, fazer produtos de moda tecnológicos, que unem a beleza com a funcionalidade?

- Essa é uma dica meio diferentona, mas vale à pena estudar e aprender com esse nicho


CONSULTORIA

- Agora, se você é como eu, prefere um modelo de negócio menor, com menos pessoas e maior controle, que tal criar uma consultoria, como eu fiz a minha Consultoria em Fashion Branding

- Você vai oferecer seus conhecimentos, sejam eles quais forem

- Você pode ser consultora de estilo, personal stylist, consultora de negócios de moda…

- as opções são infinitas

- a melhor parte é que esse é um modelo de negócio que depende muito mais de você do que dos outros, por isso você tem total liberdade pra criar o seu método e atender os seus clientes de maneira personalizada

- eu particularmente amo trabalhar com consultoria de fashion branding!


Empreender pra mim foi e continua sendo uma jornada, principalmente porque é uma área que me estimula muito a aprender e compartilhar o melhor.

Se você tá passando por um momento parecido, eu espero que esse vídeo tenha te ajudado, te dado uma luz de por onde você pode seguir.

Mas ó, se no meio dessa jornada você quiser mudar tudo, tudo bem também. A vida é cheia de ciclos e eu acho importante aprender com cada um deles.

A única coisa que você precisa é disposição, assim você pode recomeçar quantas vezes quiser.

ÚLTIMOS POSTS

Cadastre-se agora e receba gratuitamente atualizações, artigos e dicas exclusivas para assinantes!

INSTAGRAM

ENTRE EM CONTATO:

julianaalso.c@gmail.com

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

Powered by: Juliana Also | 2020