A queda dos conteúdos vazios

No vídeo de hoje nós vamos conversar sobre a queda dos conteúdos vazios! Esse é um assunto polêmico mas extremamente necessário nesse novo cenário de mercado.

Com a atenção voltada ainda mais pro online e com o excesso de conteúdos disponíveis o tempo todo, é necessário selecionar com que pessoas e marcas vamos nos relacionar.

SELEÇÃO NATURAL ONLINE

- Me conta aí, alguma vez depois da quarentena você abriu o aplicativo do Instagram e viu uma fileira de lives acontecendo no mesmo horário? Já percebeu o aumento no número de lives de músicos?

- Até aí, tudo bem! Todo mundo ama informação.

- O problema é que existe tanta informação disponível que a gente precisa selecionar qual delas consumir

- E é aí que os conteúdos vazios começam a cair

CONTEÚDOS VAZIOS

- Conteúdo vazio é aquele mais do mesmo, aquele que está totalmente aleatório na sociedade e nas mudanças de mercado. São conteúdos rasos que nunca se aprofundam em nada

- Vamos pegar as influenciadoras de moda como exemplo: quantas continuam postando looks do dia super montadas dentro de casa? quantas continuam a falar sobre tendências e compartilhar um lifestyle cheio de ostentação em casas enormes enquanto a grande maioria da população está trancada em pequenos apartamentos?

- Elas estão erradas? De maneira alguma, afinal, elas estão apenas mostrando a realidade delas

- Mas concorda comigo que é muita falta de noção focar só nisso?

- Cadê os conteúdos vida real? Cadê os conteúdos úteis de fato?

- O mesmo acontece com as marcas: o desespero pra não falir está fazendo com que elas pequem pelo excesso

- São tantas promoções, tantos emails mkt com cupons de desconto que mais incomodam do que de fato vendem

COMO SOBREVIVER

- se antes dessa crise mundial, nós já ouvíamos tanto falar em marcas com propósito, agora mesmo é que as coisas irão se intensificar

- agora, mais do que nunca, é preciso ter um porque

- como eu disse, no meio de tantos conteúdos vazios e promoções desenfreadas, as pessoas começaram uma seleção natural de que marcas e pessoas realmente valem à pena seguir e mais do que isso, consumir

- agora eu te pergunto: entre uma marca que cria posts com dicas, ajudando seus clientes a resolverem problemas, que está engajada com o social e o ambiental e uma marca que posta só promoção, de qual delas você escolhe consumir?

- entre uma marca que tem história, que compartilha sempre seus valores através de ações e campanhas, que acredita que o lucro é consequência de uma missão bem realizada e outra que claramente só se interessa pelo dinheiro que tem na sua carteira, qual delas você escolhe?

- mais do que comprar, queremos nos relacionar com o porque das marcas existirem

- eu vou te dar um exemplo antes de terminar, pra você entender melhor o que eu tô falando

- eu vou pegar um trecho de um livro que eu amo, chamado “Comece pelo Porque” pra exemplificar:

“Em tudo o que fazemos, acreditamos em desafiar o status quo. Acreditamos num modo de pensar diferente. A maneira como desafiamos o status quo é criando produtos lindamente projetados, simples de usar e intuitivos para o usuário. E o resultado são ótimos computadores. Quer comprar um?”

- O que esse trecho do livro tras pra gente?

- Antes de oferecer seus computadores, a apple falou porque ela faz o que faz: porque acredita em desafiar o status quo, em pensar diferente

- Isso causa mais conexão do que simplesmente falar: temos computadores, comprem da gente.

- Porque a Dell criou a sua versão do Ipod pra pouco tempo depois abandonar?

- Porque a Dell quis fazer o que a apple faz, mas não porque a apple faz

- A Dell se caracteriza pelo que vende: computadores,

- A apple se caracteriza pelo propósito e isso permite que ela venda não só computadores, mas o iphone, ipad, ipod e tantos outros produtos

- Quando você se define pelo que vende, fica limitada a vender sempre a mesma coisa

- Quando você se define pelo que acredita, não importa o formato, o produto, o serviço que você vende, você pode trabalhar com o que quiser, desde que se mantenha firme no seu porque

COMO CRIAR CONTEÚDOS DE VALOR

- pense em como a sua marca pode facilitar a rotina das pessoas nesse novo momento

- comunique as possíveis mudanças que a sua marca vai passar de agora em diante

- busque novas fontes de aprendizado

- crie conteúdos que causem experiência (se atenha à comunicação visual e às trilhas)

- reavalie os seus preços

- planeje novamente as suas estratégias, mas esteja aberta às incertezas

ÚLTIMOS POSTS

Cadastre-se agora e receba gratuitamente atualizações, artigos e dicas exclusivas para assinantes!

INSTAGRAM

ENTRE EM CONTATO:

julianaalso.c@gmail.com

  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco

Powered by: Juliana Also | 2020